Eu não te culpo. Eu no seu lugar faria o mesmo. É que eu sou uma pessoa difícil de lidar, de conviver, amar.
Eu chorei feito criança. Eu desabei naquela mesa. Eu gritei pra minhas amigas que ainda era ele. Que nenhum daqueles caras a nossa volta me interessava. Que eu tentei negar, tentei esquecer, mas de nada adiantou. Eu só não aguentava mais fingir, só não aguentava mais ficar por ai sorrindo, como se fosse a coisa mais fácil do mundo viver sem ele.

Confissões de uma bêbada.    (via nobroke)

Estou chorando pela perda de algo que nunca tive. Que ridículo. Chorar por algo que nunca existiu - minhas esperanças perdidas, meus sonhos perdidos e minhas expectativas destruídas.

50 tons de cinza.  (via nobroke)

Sobre mim atualmente eu não sei, não sei exatamente o que dizer quando me perguntam como eu estou, ou como estou indo. Dramático, talvez. Porém, quem sente sou eu.

Mark Hr.     (via autorias)

Não importa quanto vá durar – é infinito agora.

Caio Fernando Abreu.    (via aprendizdepoeta)

o que a gente sente
e não diz
cresce dentro

Paulo Leminski.   (via auroriar)


@ acumulou